Afim de responder as principais perguntas que surgem quando se pensa em adquirir uma franquia, segue um questionário tira-dúvidas onde tentamos esclarecer o processo para você se juntar ao nosso time:

Cidades a partir de 15.000 habitantes, ou ligeiramente menores, mas com potencial avaliado pela franqueadora.

2.1. Investimentos necessários:

a) Taxa de franquia: a taxa de franquia é a taxa paga inicialmente, assim que o contrato é assinado. Ela serve para se ter o acesso ao capital intelectual da empresa, a permissão de utilização da marca e ajuda a cobrir os custos de treinamento inicial, recrutamento e seleção de colaboradores para a unidade, projeto arquitetônico, escolha do ponto, suporte na abertura da franquia. A taxa de franquia é paga apenas uma vez para cada unidade.

b) Royalties mensais: royalty é uma taxa paga num valor pré-estabelecido e acordado, para que o franqueado continue a ter o direito de utilizar a marca da empresa e cobrir custos como a supervisão da franquia. Em casos especí­ficos pode estar incluso e embutido nesse valor a taxa de propaganda, onde parte dele vai para divulgação da franquia, ou unidade especí­fica.

   2.2. Investimentos eventuais:

a) Fundo de Publicidade: é a taxa paga para que a franqueadora sempre possa divulgar o nome da rede para os pacientes potenciais. Essa taxa não é paga para a franqueadora. Ela só administra afim de dar a esse montante o melhor destino pensando sempre no bem da rede. Essa taxa é depositada numa conta a parte, e será prestada conta de sua movimentação a todos os franqueados. Eventualmente pode ser aceito que o franqueado realize publicidade local ou regional.

b) Serviços contratados: a rede ORTHOclí­nicas dispõe de um portfólio variado de serviços que podem interessar ao franqueado, como por exemplo:

– ORTHOCapacity: cursos de formação e capacitação nas mais diversas áreas, como: auxiliar de saúde bucal, técnico de saúde bucal, recepcionista, técnica de vendas, negociação, etc …-

   – ORTHOExpertDay: visitas para avaliação e reavaliação dos casos de ortodontia.

– Cliente Oculto: o cliente oculto é uma prática já tradicional de avaliação do desempenho interno (na própria unidade) e externo (concorrentes), em que se objetiva a identificação de pontos fortes e oportunidades de melhoria.

Sim. Intermediamos o processo através da rede bancária ou, em casos específicos através da própria franqueadora.

Sim, a rede ORTHOclí­nicas se encarrega de encontrar profissionais com perfil para sua unidade..

A franqueadora indicará o perfil de profissional adequado e participará ativamente do processo seletivo.

A franqueadora fornece o layout e os fornecedores para que o franqueado os contrate, sempre com o suporte de implantação da franqueadora. Caso o(a) franqueado(a) assim deseje, a franqueadora se dispõe a realizar as negociações com fornecedores por ele, como ocorre no sistema “chaves na mão”, onde a franqueadora realiza toda a montagem da unidade contratada. O projeto de arquitetura e reforma é feito pela franqueadora também.

Não, apenas a taxa de franquia no ato do contrato ou conforme negociação. O restante do investimento para a implantação de cada unidade é feito pelo franqueado direto com os fornecedores.

Sim. Basta pagar a taxa de franquia e efetuar a conversão (ORTHOAdapt) de acordo os padrões da rede ORTHOclínicas.

Em alguns casos, se após análise da franqueadora essa opção seja constatada como comercialmente interessante, sim. Faria uso de marca dupla. Será feita avaliação criteriosa do seu nome e, caso aprovado, poderá ser uma unidade franqueada da rede ORTHOclí­nicas com o nome fantasia que já utiliza constando juntamente com o do RT (responsável técnico) na placa. Nesses casos também é exigido que o consultório/clínica se enquadre nas normas e padrões pré-estabelecidos pela franqueadora.

Ajudamos desde o momento inicial, na escolha da cidade e seleção do ponto comercial, depois damos suporte de implantação (projeto de reforma, arquitetura e layout) e operação da franquia, sistema de gestão, manual do franqueado e treinamentos.

Cidades da região Sudeste (inicialmente no sul de MG) que ainda não possuam unidades próprias, franqueadas, ou parceiras e que se mostrem aptas à abertura da unidade, de acordo com os resultados do estudo e pesquisa do mercado local.

  • Disponibilidade de tempo dedicado à operação e administração da unidade;
  • Empreendedorismo;
  • Seguir e respeitar padrões pré-estabelecidos;
  • Comprometimento com os valores da rede ORTHOclínicas;
  • Idoneidade;
  • Comprometimento com custos;
  • Comunicação e Liderança;
  • Resiliência;
  • Construção de relacionamentos;
  • Foco no cliente;
  • Visão sistêmica;
  • Orientação para resultados;
  • Cultura da qualidade.

Os preços são individualizados e dependem de aspectos locais de mercado, viabilizando que a unidade se coloque forte no mercado local, viabilizando no menor tempo possível a chegada ao ponto de equilíbrio dos custos de cada unidade.

Cada franqueado tem um mapa de atuação em anexo ao contrato, porém, enquanto não existir outro franqueado na regão, o atual franqueado tem prioridade de atuação.

Todas as especialidades da odontologia, com foco especial na Ortodontia.

Agora que você jé percebeu todas as vantagens de se juntar à nossa rede, veja o fluxograma abaixo com o passo a passo do processo:

WhatsApp Fale Conosco